quinta-feira, 27 de maio de 2010

Parvovirose

Doenças Infectocontagiosas:
1. Parvovirose
Doença de cães séria e altamente contagiosa, causada pela parvovirus Canino, que tem um curto período de incubação.
É uma doença relativamente nova, só se generalizou apartir de 1978, quando houve uma epidemia simultânea na Grã-Bretanha, Estados unidos e Austrália.
Provocada por vírus, essa moléstia que ataca os cães e assemelhada a Panleucopenia dos Gatos, que também é causada por um Parvovirus.
Manifestação.
Os sintomas mais comuns são:
- Vómito, diarreia e desidratação são os sintomas do modo gastrointestinal, que tem como sintoma principal fezes sanguinolentas.
- De morte súbita quando tivermos o modo cardíaco, com depressão e disfunção respiratória.
Na maioria dos casos, os sinais principais são enterite grave ( inflamação do intestino) com diarreia hemorrágica; vómitos agudos, de líquidos que tenha ingerido; depressão grave, Febre alta.
a mesmos que seja tratada prontamente, a doença pode ser fatal, levando a morte.
Diagnóstico.
Deve ser feito por um médico veterinário de sua confiança, pois só ele está preparado para distinguir se o seu cão esta com parvovirose ou com outra gastroenterite que pode ser de origem verminótica, tóxica, de fundo emocional, etc.
O quadro de sintomas dos distúrbios aqui citados, são idênticos, podendo para um leigo causar confusão.
portanto se seu animal apresentar os sintomas citados acima, não perca tempo tentando achar uma causa, procure seu veterinário o mais rápido possível, para que ele possa te ajudar logo no inicio, já que nas gastroenterites, tempo conta muito para o sucesso do tratamento.
tratamento.
O mais seguro aqui é como sempre a prevenção atravez da vacinação. Aconselha se começar a vacina desde filhotinho, com 45 dias de vida, quando tomará a primeira dose da V-8 ou V-10. ( prefira sempre vacina importada, pois o controle de qualidade é mais confiável, se informe com seu veterinário)
O tratamento é sintomático. Essa doença normalmente se apresenta de forma aguda, requerendo um tratamento especializado e intensivo, sendo necessário a internação para fluido terapia (soro) e aplicação de medicamentos necessários por via injetável, já que o intestino fica com a mucosa danificada impossibilitando a absorção confiável do mesmo; e pelos constantes vómitos.
Dentre esses medicamentos faz se necessário uso de antibióticos convenientes com o caso, para se evitar uma infecção bacteriana secundária, o que ocorre com frequência; além do uso de polivitaminicos, anti eméticos (vómito) e anti diarreicos. sempre sob a supervisão de um médico veterinário.
Lembre-se vacinar é mais barato e mais seguro Também.

Veja também sobre a vacinação em postagens que fiz em janeiro de 2009, neste blog. E não esqueça de mandar as suas dúvidas.

4 comentários:

  1. MINHA shitzu está com parvovirose..está em casa (apartamento) isolei um banheiro..entro só com luvas e tomo o maior cuidado. Ela está no 4º dias de sintomas, já parou os vômitos e hoje de manhã já aceitou água na seringa. Está no soro o tempo todo...o veterinário me ensinou a trocar o soro..tbm aplico antibióticos no soro de 8 em 8 horas e uso mais algumas medicações que ele indicou. Já estou a três dias sem dormir, pois ela se vira e acaba bloqueando o soro, fazendo com que ele pare de pingar, daí tenho que vigiá-la o tempo todo..as vezes dou uma cochilada, mas Deus é tão bom, que ele me acorda na hora certa em que ela (mel) está precisando de mim. Se Deus quiser, vai valer a pena todo o desempenho que estou dedicando a ela. Tenho filhos (4). Tanto eles quanto o meu marido...adoram a mel..ela faz parte da nossa família. Isso vai ser passageiro.
    Detalhe: a mel era vacinada.
    bjs a todos.E acreditem, parvovirose tem cura
    soro...antibiótico...e muito amor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela esta melhor?espero que sim,estou com a minha tbm doentinha se chama Nykolle,ela esta tbm com parvo,esta internada a uma semana e ainda nao teve melhoras,espero que elas melhorem,se Deus quiser,Bju

      Excluir
  2. Concordo plenamente com vc.Acabo de salvar dois filhotes meu de maltês,que ja tinham tomado duas doses da vacina,mas ainda nao estavam totalmente imune.O principal da doença é parar o vômito,para que ele não desidrate mais,até passar o ciclo do vírus,e fornecer um pouco de glicose,para dar energia.Tirei os meus da clínica e como vc,não dormi por tres noites.Dei por conta própria yakult,agua de coco com um pouquinho de açucar,pedilyte 90 ,para manter o equilibrio.e ovo cozido rapidamente,tudo meio goela abaixo,mas sempre devargarinho e pouquinho,para que engolissem e não fosse para lugar errado.Não desistia,eles vomitavam eu dava 4 gotinhas de plasil,esperava meia hora,e dava uma seringa de cada líquido a cada meia hora.Comprei um complexo vitamínico pediátrico e dava 4 gotinhas uma vez por dia,e 2 gotinhas de sulfato ferroso,uma vez por dia.Glicopan 7 gotas duas vezes ao dia.O plasil eu dava a noite e pela manhã antes de dar algum líquido,somente duas vezes.E 4 gotinhas de mercepton para proteger o fígado,1 vez por dia.Antibióticos usei,flotril,uma vez ao dia,1/4 de comprimido,e bactrosina injetável,0,2 ml pq meu cachorrinho pesava 1kg.Ministrava as injeções via intramuscular,com agulha de insulina,para não doer tanto.Dava um antibiótico a noite,e o outro pela manhã.Mas o que percebi,que o essencial,e não deixarem desidratarem.Mante-los quentinho,e deixar agua perto.E o principal,amor e dedicação,e acreditar.Não aceitar perder para a doença.Nas clínicas eles ficam sozinhos,e já estão deprimidos mais ainda.O amor e o carinho aumentam a imunidade tbém.Acredite e faça tudo o que pode,vale muito a pena.Os meus estão ótimos e o veterinário,me disse que a chance deles eram mínimas.Eles só tem a nós.Então determina'~ao e presistência,são em torno de dez dias,depois tudo volta ao normal.Pq pior do que fazer,e não fazer e deixa-lo morrer por falta de coragem de ajuda-los.

    ResponderExcluir
  3. Oi gente vcs estão me ajudando mt tenho um filhote de York que acabou de completar 3 meses, estou desesperada hj completa uma semana que ele está internado, e ñ tenho mais como mantê lo na clínica é MT caro. Estou pensando seriamente em trazer ele p casa pois além do valor fico pensando no sofrimento dele longe de mim e da mãe dele. Tenho muito medo de tirar ele de lá e ele não resistir, nas ñ sei mais o q fazer a Saudade dói de mais ele é tudo pra mim, ñ posso perder ele

    ResponderExcluir

Seguidores